O Iluminado – Stephen King

Oi, tudo bem?

Como disse no post do livro Sob A Redoma, estou apaixonada por Stephen King. Na Páscoa invés de ganhar ovo de chocolate, pedi um livro e ganhei O Iluminado que estava querendo há muito tempo, mas estava esgotado em todos os lugares por conta da edição relançada com uma capa nova. Coloquei esse livro em “Um mistério ou thriller”.

DSC_0129 editada

Antes de começar a contar a história, peço que esqueçam tudo que viram no longa de Kubrick, pois o livro e o filme são bem diferentes e gosto de encará-los como obras separadas.

  • Um livro com mais de 500 páginas
  • Um romance clássico
  • Um livro que virou um filme
  • Um livro publicado este ano
  • Um livro com um número no título
  • Um livro escrito por alguém com menos de 30 anos
  • Um livro com personagens não humanos
  • Um livro engraçado
  • Um livro de uma autora feminina
  • Um mistério ou thriller
  • Um livro com um título de uma palavra
  • Um livro de histórias curtas
  • Um livro que se passa em um país diferente
  • Um livro de não ficção
  • O primeiro livro de um autor popular
  • Um livro que não leu ainda de um autor que você ama
  • Um livro recomendado por um amigo
  • Um livro ganhador do prêmio Pulitzer
  • Um livro baseado em uma história real
  • Um livro que está no final da sua lista
  • Um livro que sua mãe adora
  • Um livro que te dá medo
  • Um livro com mais de 100 anos
  • Um livro baseado inteiramente em sua capa
  • Um livro que você deveria ter lido na escola mas não leu
  • Um livro de memórias
  • Um livro que você leia em um dia
  • Um livro com antônimos no título
  • Um livro que se passa em algum lugar que você sempre quis visitar
  • Um livro que foi lançado no ano em que você nasceu
  • Um livro com uma crítica ruim
  • Uma trilogia
  • Um livro da sua infância
  • Um livro com um triângulo amoroso
  • Um livro que se passa no futuro
  • Um livro que se passa no ensino médio
  • Um livro com uma cor no título
  • Um livro que te fez chorar
  • Um livro com magia
  • Um romance gráfico
  • Um livro de um autor que você nunca leu
  • Um livro que você possui e nunca leu
  • Um livro que se passa em sua cidade natal
  • Um livro que originalmente foi escrito em outra língua
  • Um livro que se passa durante o Natal
  • Um livro de um autor com as mesmas iniciais que as suas
  • Uma peça
  • Um livro que foi proibido
  • Um livro baseado ou que se transformou em uma série de TV
  • Um livro que você começou e nunca terminou

Jack Torrance é um pai de família que está desempregado. Costumava ser professor em uma boa escola em Stovington, quando conheceu Al Shockley, ficaram muito amigos e seus problemas com a bebida pioraram até que Jack se tornasse alcoólatra como seu pai costumava ser. Um dia após agredir George Hatfield, um de seus alunos, Jack foi demitido e impedido de lecionar novamente. Sem emprego e sem perspectiva de uma vida melhor, ele, sua esposa Wendy e seu filho de 8 anos, Danny, se mudam para Boulder temporariamente até Jack conseguir seu emprego em Denver, Colorado para cuidar do Hotel Overlook durante o inverno, época do ano em que o Hotel fica fechado ao  público.

Danny Torrance é uma criança excepcional, sempre sabe o que seus pais estão sentindo ou pensando antes mesmo que seja dito e sabe de coisas que ainda não aconteceram, tudo isso graças ao seu “amigo imaginário” Tony. Jack e Wendy acreditam que isso seja apenas porque Danny presta atenção aos detalhes, mas na verdade é muito mais que isso. Enquanto Jack está fazendo sua entrevista para se tornar zelador do Hotel, Tony mostra a Danny o que acontecerá caso o pai aceite o emprego, mas Danny muito assustado com as visões perturbadoras só consegue se lembrar da palavra REDRUM.

Wendy Torrance é uma mãe e dona de casa comum que sofre com seu marido alcoólatra. Tudo piora quando Danny com 3 anos de idade derruba cerveja em uma das peças que Jack estava escrevendo, e Jack quebra o braço do filho tentando repreendê-lo. A partir desse dia, Wendy nunca mais confiou em Jack, mas não tem coragem de largá-lo, pois não tem para onde ir. Voltar para a casa de sua mãe está fora de cogitação já que elas não possuem um bom relacionamento. Wendy encara o novo emprego de Jack no Hotel como um novo começo, a perspectiva de um novo relacionamento, agora que Jack está sóbrio.

Quando a família se muda para o Overlook, Danny conhece o cozinheiro do hotel, Sr. Hallorann, que logo revela a Danny que ambos são pessoas iluminadas que conseguem pressentir e ver o que as pessoas comuns não conseguem. Hallorann alerta Danny que coisas muito ruins já aconteceram no hotel, mas que ele não precisa se preocupar, quando visse algo assustador, bastava olhar para outro lugar e aquilo teria desaparecido, mas pede ao garoto que nunca, jamais, vá ao quarto 217.

Quando o hotel encerra sua alta temporada e todos vão embora, tudo está indo incrivelmente bem para a família Torrance. Danny não teve mais nenhum de seus ataques estranhos e o casal Jack e Wendy estão se dando tão bem quanto recém-casados. Jack tem pequenos trabalhos para realizar todos os dias, como consertar as telhas e regular a caldeira do hotel que tem que estar sempre certinha para não superaquecer. Depois de realizados os trabalhos, Jack tem o resto do dia para escrever sua peça que está fluindo incrivelmente bem.

DSC_0139 editada

Até o dia em que Jack pega um ninho de vespas aparentemente vazio e dá de presente a Danny, da mesma forma que seu pai o havia presenteado quando criança. O problema é que o ninho de vespas não estava realmente vazio e Danny é picado diversas vezes enquanto dormia e tem que ser levado às pressas ao consultório médico em Sidewinder, Wendy começa a se perguntar se não seria melhor se ela e Danny ficassem na casa de sua mãe durante o inverno. Nesse momento começamos a ver alterações na personalidade de Jack, que começa a pensar de forma mais parecida com seu temido pai quando este batia em seus irmãos e em sua mãe, a mudança é sutil, mas dá para ser notada. Quando Wendy expressa sua vontade de ficar em um local que não fique isolado pela neve durante todo o inverno, Jack desaprova a ideia e começa a sabotar secretamente esse plano.

E agora que Jack está começando a ser influenciado pelo hotel Overlook, cabe a Wendy e Danny a missão de tentar sair de lá com vida.

O que mais gostei do livro é o modo como Stephen King consegue mostrar o desenrolar da personalidade complicadíssima das personagens, coisa que ele faz muito bem em suas obras. Em vários momentos fiquei um pouco assustada e não o li à noite em casa sozinha. A história é muito bem construída e recheada de um terror psicológico incrível. Se você é apaixonado pelo filme e quiser ler o livro, tenha em mente que são histórias muito diferentes e os dois têm seus pontos fortes e fracos.

jack-nicholson-gif-3

Beijos e até a próxima.

Carolina

Anúncios

2 comentários sobre “O Iluminado – Stephen King

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s