A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert – Joël Dicker

Oi, tudo bem?

O livro de hoje é A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert de Joël Dicker que eu estava querendo ler a muito tempo, como ele não se encaixa em nenhuma outra categoria da lista e eu queria muito contar, coloquei em “Um livro com mais de 500 páginas”.DSC_0010

  • Um livro com mais de 500 páginas
  • Um romance clássico
  • Um livro que virou um filme
  • Um livro publicado este ano
  • Um livro com um número no título
  • Um livro escrito por alguém com menos de 30 anos
  • Um livro com personagens não humanos
  • Um livro engraçado
  • Um livro de uma autora feminina
  • Um mistério ou thriller
  • Um livro com um título de uma palavra
  • Um livro de histórias curtas
  • Um livro que se passa em um país diferente
  • Um livro de não ficção
  • O primeiro livro de um autor popular
  • Um livro que ainda não leu de um autor que você ama
  • Um livro recomendado por um amigo
  • Um livro ganhador do prêmio Pulitzer
  • Um livro baseado em uma história real
  • Um livro que está no final da sua lista
  • Um livro que sua mãe adora
  • Um livro que te dá medo
  • Um livro com mais de 100 anos
  • Um livro baseado inteiramente em sua capa
  • Um livro que você deveria ter lido na escola mas não leu
  • Um livro de memórias
  • Um livro que você leia em um dia
  • Um livro com antônimos no título
  • Um livro que se passa em algum lugar que você sempre quis visitar
  • Um livro que foi lançado no ano em que você nasceu
  • Um livro com uma crítica ruim
  • Uma trilogia
  • Um livro da sua infância
  • Um livro com um triângulo amoroso
  • Um livro que se passa no futuro
  • Um livro que se passa no ensino médio
  • Um livro com uma cor no título
  • Um livro que te fez chorar
  • Um livro com magia
  • Um romance gráfico
  • Um livro de um autor que você nunca leu
  • Um livro que você possui e nunca leu
  • Um livro que se passa em sua cidade natal
  • Um livro que originalmente foi escrito em outra língua
  • Um livro que se passa durante o Natal
  • Um livro de um autor com as mesmas iniciais que as suas
  • Uma peça
  • Um livro que foi proibido
  • Um livro baseado ou que se transformou em uma série de TV
  • Um livro que você começou e nunca terminou

A história se passa em 2008, Marcus Goldman é um escritor Nova Iorquino que após ter conhecido a fama com seu primeiro Best-seller, está tendo problemas para escrever seu segundo romance, ele já está há dois anos sem conseguir produzir nada. Quando seu contrato com a editora Schmid & Hanson está para acabar, Barnaski, seu editor, ameaça processá-lo por quebra de contrato, pois seu tempo está esgotando e nenhum original de um novo romance foi apresentado.

Em meio a todo esse caos, o corpo de Nola Kellergan, é encontrado no quintal de Goose Cove, a casa do grande escritor Harry Quebert na cidade de Aurora. Marcus considera Harry como seu único amigo. Após Quebert ter escrito um romance clássico em 1975, e ter começado a lecionar na universidade Brown, os dois se conhecem em uma aula um pouco inusitada que Marcus assistiu de Harry em seu primeiro ano na faculdade. A partir dessa aula, eles ficam muito amigos e Harry ensina a Marcus tudo que sabe sobre ser um ótimo escritor e um bom boxeador.

Um pouco antes do corpo de Nola ser descoberto, Harry conta a Marcus que no verão de 1975 se apaixonou por uma garota em Aurora, mas seu romance era proibido por conta da diferença de idade entre os dois, ele com 34 e ela com 15 anos. Harry confessa que o romance Origens do Mal, que o tornou famoso, foi escrito em homenagem à sua amada. DSC_0006Harry e Nola se amaram fervorosamente em 1975, mas em Agosto do mesmo ano, Nola sumiu misteriosamente no dia em que o casal se encontraria para fugir para o Canadá. A reconstituição do crime concluiu que Nola saiu de casa e foi andando até a floresta Side Creek Lane onde foi ferida por um golpe na cabeça e correu até a casa de Debora Cooper, que morava às margens da floresta, a fim de pedir socorro, mas o suspeito a alcançou, matou Debora à queima roupa e levou Nola embora, um carro Monte Carlo preto foi visto saindo das redondezas do local do crime e perseguido pelo chefe de polícia de Aurora Pratt.

30 anos depois, o corpo de Nola no quintal de Harry, o incrimina pelo crime, sabendo que Harry possuía um Monte Carlo preto na época do assassinato. Marcus precisa ir de Nova York até a minúscula cidade de Aurora para ajudar seu melhor amigo e mentor, mas não está convencido de que Harry realmente assassinou a jovem, e quando começa a enxergar lacunas na acusação de Quebert, inicia uma investigação para poder inocentá-lo.

Alguém não fica nem um pouco feliz com Marcus zanzando pela cidade desenterrando o passado, e começa a ameaçá-lo deixando bilhetes na porta de Goose Cove onde Marcus está hospedado, com os dizeres Volte para casa, Goldman. O escritor não sossega, pois deve toda seu talento a Harry, e continua com sua investigação. Barnaski logo fica interessadíssimo com a história Quebert e pede a Marcus que escreva um livro baseado em suas investigações, mas Marcus não quer se aproveitar da desgraça alheia, recusa a proposta e só aceita assinar um novo contrato bem mais tarde quando sórdidas reviravoltas do caso começam a vir à tona.

Eu gostaria de poder contar mais, mas se o fizer, o livro vai perder totalmente a graça. Interessei-me pelo livro somente pelo que está escrito na contra capa, então não sabia praticamente nada da história, tudo foi uma surpresa enorme, e fico feliz que foi assim, pois me apaixonei demais por tudo nesse livro, enquanto lia me sentia moradora de Aurora.

A investigação de Marcus é muito detalhada, e quando ele começa a trabalhar em conjunto com o sargento Perry Gahalowood da Homicídios, o caso começa a fluir em velocidade assustadora. O livro é grande (565 páginas) e nem um pouco monótono, o desenrolar do enredo é muito inteligente, e por duas vezes quando todos achavam que o caso havia sido desvendado, não havia e tinham que retomar a investigação. O final é surpreendente e genial. Fazia muito tempo que não lia um livro que me prendesse tanto assim, espero que você goste tanto quanto eu.

Beijos e até a próxima.Icone Carolina

Anúncios

Um comentário sobre “A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert – Joël Dicker

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s